Anjo vindo do céu

‘’Hello,Hello, Hello the airport is already open you can’t be sleeping’’ Foi assim que nos acordaram, eram 6h45. Até dormi bem! Arrumámos tudo e lá fomos.

Para ir para o centro de Veneza tínhamos que apanhar um autocarro que custava 12 euros, o mesmo preço que o voo. Não achei piada nenhuma. Sentámo-nos a tentar resolver a situação. Até que após meter conversa com uns latinos (que também pernoitaram no aeroporto) eles surpreenderam-nos com 2 bilhetes que tinham comprado no dia anterior, mas tinham perdido o autocarro… Isto é a sério? Fui ver se funcionava, afirmativo! Acabámos de poupar 12 euros cada!!! Mas que sorte dos diabos.

‘’Veneza é muito caro’’ ouvi eu um número inestimável de vezes, ou escolhi os melhores sítios para se comer ou então não sei.. o café foi dos mais baratos que paguei na europa 1 euro (era um café dos chineses, estão por todo o lado)

Percorremos Veneza de mala às costas, não foi a típica viagem romântica, mas divertimo-nos imenso! É de facto uma cidade diferente que vale a pena visitar, quem tiver possibilidades deve andar na gondola que custa 80€, nós vimo-las passar e realmente nas fotos ficam muito bem.

Liubliana

Capital da Eslovénia, choque inicial foi o sinal: CONA. Peço desculpa aos mais sensíveis mas grandes risadas que este sinal proporcionou!

Até já Liubliana

Depois de 1 hora à espera que alguma alma caridosa parasse e nos levasse para Bled heis que aparece o, Zyeka a boleia que foi tudo menos normal, primeiro tudo ele ia em direção a Trieste (Itália) que era para o lado contrário, disse que nos deixaria numa estação de serviço até que tudo era uma ‘’shit’’, Nada era bom a auto-estrada, a estação de serviço NADA! Então pronto decidiu deixar-nos em Bled, fez mais 70 km para nos deixar e depois ia voltar tudo para trás!

Foi a boleia onde mais me ri, falava pelos cotovelos, era um business men, vendia bugigangas na praia e a lojas, diz que trabalha 5 meses por ano e os outros 7 meses viaja. Tinha acabado de chegar da China e só sabia dizer mal de tudo e asneiras na verdade. Ri-me que nem uma doida!

Lá chegámos e o Zyeka fez o favor de nos pagar um cappuccino, e disse para não pouparmos o dinheiro dele! Tinha a constante mania de falar comigo e dar-me cotoveladas ao mesmo tempo, só me podia rir. Obrigada Zyeka vemo-nos em Portugal ou algures.

A nossa boleia!

Lago Bled: Palavras para quê?

Recebi uma mensagem, a pessoa que nos ia acolher em Bled cancelou à última da hora…. E agora?  Voltamos, e ficamos em casa da minha amiga! Ok boa!

Lá vamos voltar para Liubliana, paragem rápida! O Simon esteve 2 dias num congresso na zona e estava naquele preciso momento a voltar para casa.

Bem e que boleia esta, o Simon esteve 2 anos e meio a viajar pelo mundo com a sua mota… histórias incríveis, neste momento trabalhava diz que não tem tempo para nada é ”workaholic” e tem que mudar algo na sua vida. 1 hora tal de conversa e não resisti em pedir o contacto!

Deixou-nos no centro da cidade.

2º problema, afinal não podemos ficar em casa da minha amiga. E agora? Bem ou dormimos na rua ou não sei, tentei contactar amigos e nada…. Até que recebo uma mensagem do Simon a perguntar se tínhamos chegado bem. Cá está a nossa solução. Disse-lhe que não tínhamos sitio para ficar e imediatamente ofereceu-se, apenas tínhamos que ficar à espera dele 3h! E assim foi!

Foi um ”Anjo vindo do céu”

Um mega jantar com tomate e mozzarella a acompanhar com um vinho esloveno! Partilha de experiências e viagens… Fiquei com vontade de agarrar na minha scooter e percorrer o mundo.

Mil Obrigadas Simon 

17/11/16

Marta Durán

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

2 comments